Marcadores

sábado, 31 de agosto de 2013

A HISTORIA DO PICA PAU final


A HISTORIA DO PICA PAU PARTE 03
Dubladores nos EUA 
Jason Marsden (2011-2008)
Dee Bradley Baker (2010-2005)
Frank Welker (2004-2007)
Tara Strong (2010)
Grey DeLisle (2009-2010)


Luís Manuel dublador

 Dubladores no Brasil 
Luís Manuel - Pouco se sabe sobre esse primeiro dublador. O que consta é que ele fez a primeira voz do personagem no Brasil no extinto estúdio Som de Guanabara. Foi no começo dos anos 1960, e ele dublou vários episódios mais antigos do Pica-Pau dos anos 40, que acabaram sendo redublados por Garcia Júnior nos anos 70. Tem um trecho do episódio O Afanador de Gasolina na internet com essa dublagem.
Imagem
Olney Cazarré -
 Foi o segundo, mas para muitos é consideirado o primeiro dublador do Pica-Pau no Brasil, já que não tem quase nada da primeira dublagem da Som de Guanabara, ele o dublou nos anos 1960 na época em que o estúdio BKS ainda se chamava AIC. Depois na época em que a AIC mudou seu nome para BKS, Olney Cazarré teve de descansar das dublagens do Pica-Pau por que ele havia ido para o Rio de Janeiro trabalhar no teatro e na televisão (de acordo com o que foi dito por Garcia Júnior em uma entrevista para o "Nerdcast" em 2007), por isso, ele foi substituído pelo próprio Garcia Júnior na dublagem da fase do "Pica-Pau Biruta" (os episódios não foram dublados em ordem cronológica) e só voltou a dublar o Pica-Pau no lugar de Garcia Júnior quando ele não pode mais dubla-lo nos anos 1980. Em suas primeiras dublagens nos anos 1960, Olney fazia uma voz mais fina para o Pica-Pau, que combinava mais com os episódios em que o Pica-Pau tinha o tamanho de um pássaro pequeno, já nos episódios que ele dublou nos anos 1980, estava com a voz mais envelhecida, e chegava a ficar rouco algumas vezes. Um exemplo de episódios dublados por ele são: "Vamos as Cataratas?", "Pica-Pau Ama Seca" e "A vassoura da Bruxa" dublados na AIC e "Adeus às Aulas", "Por amor a uma Pizza", e "Chilli com Carne", dublados na BKS.

Garcia Júnior -garcianeto Biografia: Garcia Junior – O herói das vozes.
Garcia Neto 
 
 Foi o segundo a fazer a voz do Pica-Pau no Brasil (quando a AIC mudou de nome para BKS). Ele começou a dublar o Pica-Pau no final dos anos 1970 quando ainda era um garoto de 10 anos, mas depois quando cresceu sua voz ficou grossa demais para o personagem, e foi substituído por Olney Cazarré, que já havia feito a voz do Pica-Pau antes dele. Garcia contou que o Pica-Pau foi o primeiro personagem que ele dublou, ele disse em uma entrevista para o site "Jovem Nerd" que quando Olney Cazarré foi trabalhar no Rio de Janeiro, ele teve de deixar as dublagens do desenho (que era feita em São Paulo). Então Garcia fez um teste apenas de brincadeira para a voz do Pica-Pau, a pedido dos seus pais Garcia Neto (que também era o diretor de dublagem, e o locutor e narrador de episódios como "A Hora do Banho") e Dolores Machado (que dublou a Meany Ranheta em "Que Lindinho! o Cachorrinho" e "A Observadora de Pássaros"). Porém, os produtores da Universal acabaram escolhendo mesmo a voz dele, a princípio pensando se tratar da voz de uma mulher, só depois descobriram que era a voz do menino que era filho do diretor das dublagens. Garcia Júnior fazia uma voz um pouco mais forte que a de Olney Cazarré. Um exemplo de episódios dublados por Garcia são: "Quem cozinha quem", "Pica-Pau biruta", "Nascido para picar" "Vamos nanar Jacaré?" e "Esperto contra sabido" (esse último era um entre os quais o Pica-Pau já estava com a voz mais grossa). Garcia Júnior é considerado por muitos dos fãs do desenho o dublador mais marcante do Pica-Pau, pois dublou os episódios mais antigos produzidos nos anos 1940, considerados os melhores.

Marco Antônio Costa - Fez a voz do Pica-Pau nos novos episódios de 1999 no estúdio Herbert Richers, ele conseguiu fazer uma voz fina bem parecida com a de Olney Cazarré. Em entrevista para o programa Hoje em Dia, da Rede Record, Marco disse que quando participou dos testes para a voz do Pica-Pau, ele fez uma imitação do Coelho Ricochete (personagem que também era dublado por Olney Cazarré na AIC), e sua imitação agradou aos distribuidores do desenho que o escolheram porque conseguia fazer uma voz parecida com a de Olney. Alguns fãs acham que a voz dele ficou diferente da voz do Pica-Pau original, mas isso tavez seja pelo fato de que o "Novo Pica-Pau" tem a mesma aparência, e o topete virado para trás que tinha o "Pica-Pau do fim dos anos 1940", que foi dublado apenas por Garcia Júnior, e que tinha a voz mais grossa. A voz que Marco Antônio faz para o Pica-Pau é baseada na voz fina que Olney Cazarré fazia nos anos 1960, quando o personagem já tinha o topete para frente, uma aparência mais infantil e o tamanho de um pássaro pequeno. Outro fato é que dificilmente encontrariam um dublador que conseguisse imitar a voz que Garcia Júnior fazia para o Pica-Pau, por se tratar de uma "voz de criança".
Peterson Adriano - No filme Uma Cilada para Roger Rabbit dublado pela Herbert Richers, o Pica-Pau faz uma aparição ao final do filme dublado pelo dublador Peterson Adriano.


Marco Antônio Costa

Boatos 
Existem vários boatos na internet de que o ator Walter Silva teria dublado o Pica-Pau na AIC. Na verdade, isso foi algum mal entendido divulgado em algum site que acabou se espalhando pela internet, pois quem dublou o Pica-Pau na AIC foi Olney Cazarré, que também era responsável pela voz do Coelho Ricochete também na AIC. Walter Silva nem era dublador, e sim um radialista que tinha o apelido de "Pica-Pau". Apresentava na Rádio Bandeirantes, o seu programa "Pick-Up do Pica-Pau", que se utilizava de uma gravação da trilha musical "The Woody Woodpecker Song" da abertura dos desenhos do Pica-Pau, antes e depois de cada música tocada na rádio. Isso fez com que todos o chamassem de "Pica-Pau", e Walter assumiu o apelido, passando também a usar nas costas de sua jaqueta vermelha um desenho do Pica-Pau. Fonte: Site oficial do ator


 
dubladores Olney Cazarré,Garcia Júnior,Marco Antônio Costa e Peterson Adriano.

Personagens
                              Principais 
Picolino (Chilly Willy) - Pinguim friorento, que sempre está tentando se aquecer, e atrapalhando a vida do cachorro Smedley.
Smedley (Smedly) - Cachorro perturbado por Picolino. Smedley também apareceu nos desenhos do Pica-Pau, em dois episódios chamados: "Vivendo num buraco" e "O Cuidador descuidado". Smedley nos últimos episódios passou a ser chamado de Elpídio. A sua voz estava mais grossa mas sempre esta com o seu bom humor. Mas o seu visual não mudou nada,ele está sempre com aquela manta verde & com aquele gorrinho branco.Smedley sempre briga com Picolino mas no final sempre fazem as pazes
Inspetor Willoughby (Inspector Willoughby) - Um homem baixinho de bigode que é um famoso detetive.que também apareceu em alguns episódios do pica-pau (Surrupiador de um bilhão) (Luta do gatoso) & (Aliança mirim)
Sr. Panda (Mr. Panda) - O pai de Andy Panda. Apareceu em alguns episódios do Andy Panda e também apareceu sozinho em um onde ele tenta colocar forro no telhado mas sempre é atrapalhado por um pelicano.
Andy Panda (Andy Panda) - Era o principal personagem de Walter Lantz, mas, depois do grande sucesso do episódio Pica-Pau ataca novamente, Pica-Pau ganhou seu lugar.
Miranda Panda (Miranda Panda) - É a namorada do Andy Panda.
Maggie e Sam (Maggie and Sam) - Um casal que sempre se mete em confusões.

Mãe e Pai (Maw and Paw) - Um casal de caipiras que mora numa fazenda com seus filhos, o cavalo Ferradura (que mais tarde passaria a se chamar Pé-de-Pano, e seria o companheiro do Pica-Pau em suas aventuras pelo oeste) e um porco chamado Cheiroso. Apareceram também no episódio "Briga pra ninguém botar defeito".
A Família Urso (The Beary Family) - Uma família de ursos, o pai Charlie Ursolão, a mãe Bessie Úrsula, o filho mais velho Júnior Ursolino, a filha mais nova Susi Ursolina, e o animal de estimação, um ganso chamado Goose.
Percy Delicado (Mr.Delicated Percy) - Um bondoso homem que vive aos berros com seu cachorro Cuddles.
Cuddles (Cuddles) - O Cachorro do Sr. Percy Delicado, vive enterrando tudo que vê, até mesmo a lua, o Sr. Percy sempre tenta se livrar dele mais ele sempre volta. apareceu no episódio da família urso chamado O Cãozinho do Patrão.
Windy e Breezy (Windy and Breezy) - São dois ursos, mas eles vivem no Parque Yellowstone, quando o guarda Woodlore vive aqui.
Homero (Homer Pigeon) - É um pombo que aparece uma pequena aparição onde vive na casa dele no episódio os trabalhadores da floresta.
Hickory, Dickory e Doc (Hickory, Dickory and Doc) - Dois ratos que eram geniais para enganar Doc.

 Secundários 
Azeitona (Lil' Eightball) - Um garoto negro, que apareceu somente em três episódios estrelados por ele mesmo. Apesar de ter aparecido em poucos episódios, Azeitona apareceu em várias histórias em quadrinhos de Walter lantz na revista "New Funnies" da editora Dell Comics junto com a turma do Pica-Pau.
Urso Fatso (Fatso the Bear) - Um urso marrom que apareceu em dois episódios estrelados por ele mesmo junto com o Inspetor Willoughby como guarda florestal. Uma grande curiosidade sobre o urso Fatso, é que a famosa cena em que ele aparece correndo desesperado de um lado para o outro, já havia sido usada por outro urso só que nos desenhos do Pato Donald, o urso se chamava Colimério "Humphrey Bear". Essa gag foi criada pelo diretor Jack Hannah e animada pelo animador Al Coe, pois os dois antes de trabalharem nos estúdios de Walter Lantz, haviam trabalhado nos estúdios de Walt Disney, principalmente nos desenhos do Pato Donald dos anos 1950. Foi Jack Hannah quem teve a ideia para as cenas da corrida, e da personalidade do urso, e Al Coe trabalhou na animação da cena onde o urso Colimério (da Disney) aparece correndo. Quando os dois saíram da Disney e foram trabalhar para Walter Lantz, os direitos foram comprados pelos estúdios da Universal, e essa ideia também foi usada para o urso Fatso. Jack Hannah também usou esta gag em alguns outros desenhos que ele dirigiu, um exemplo disso é um episódio do Pica-Pau chamado: O Mestre Cuca "Woody's Kook-Out" onde o próprio Pica-Pau e o Zé Jacaré aparecem correndo igual ao urso, episódio que também teve parte da animação feita por Al Coe.
Benedito o Charlatão (Yeggs Benedict) - É um ladrão de jóias. Gosta muito de atrapalhar a vida do Inspetor Willoughby. Sua aparição é apenas em um curta exclusivo do inspetor: "O Caso do Rubi Roubado".

 Indicações ao Oscar 

Ao longo de sua carreira, o Pica-Pau recebeu 3 indicações ao Oscar, sendo 2 na categoria de Melhor Curta Animado e 1 na categoria de Melhor Canção Original. O desenho animado Apólice Cobertor ("Wet Blanket Policy") é marcado por ser o único curta-metragem de animação que foi indicado ao Oscar de Melhor Canção Original durante toda a história do cinema.

Em 1979, Walter Lantz ganhou um Oscar Honorário, "por levar alegria e risos à todas as partes do mundo através da seus desenhos animados".

Nenhum comentário: